2008/11/22

Re: Seriados #prontofalei

Bah, estou ficando um velho ranzinza mesmo... Li o post Seriados no blog do Gustavinho e comecei a manifestar minha indignação com as séries atuais em um comentário. Quando vi já estava no terceiro paragrafo, então decidi aproveitar o animo e colocar toda a ira aqui no I/O error.

Ainda não é desta vez que eu direi por que assisto ou não assisto alguns filmes e séries. Vai!

"Existem dois tipos de seriados: os em que cada episódio é uma história (como Friends e M.D. House) e os em que toda a série (ou temporada, no caso de 24 Horas) contam apenas uma história (como Band of Brothers ou Lost).

No segundo tipo de série o autor quer contar uma história maior que os 42 minutos de um episódio, ou maior que possíveis 3,5h de um filme, então ele faz uma temporada ou duas. Ou até 3, 4 ou 5 temporadas, dependendo da história a ser contada.

Este é o meu maior problema com algumas das séries atuais, como Lost, Heroes ou Prision Break), pois o sucesso destas fez a estória ser alongada (aumentando o tempo que devemos assisti-la) e diluída (redução de conteúdo por episódio), concorda?

Em ambos os casos depois de um tempo tem-se a sensação disperdicio de tempo: no começo era bom, você continua assistindo pra ver se melhora e no fim nem sabe mais por que assiste ou espera apenas para ver como tudo vai terminar.

  • Band of Brothers é mega-boga. Ouvi dizer que querem fazer uma segunda temporada mais de 7 anos depois da primeira. Podem até fazer, mas não contem comigo para ver/comprar, ok Spielberg/Hanks?
  • The Big Bang Theory (aka TBBT) é genial, sendo a única série que eu acompanho hoje em dia. Como cada episódio conta uma estória, pode ter decadas de duração. Assim que a qualidade cair eu paro de ver.
  • Simpsons, House, 24h, Monk, Two and a half man, The IT Crowd e umas outras eu vejo quando dá.
  • O resto é novela, e não me venha com xurumelas!"
PS: nada de links hoje. SEO é para os fracos.

Um comentário:

  1. Concordo contigo. Não tenho a menor paciência para série que alonga as histórias por toda a duração da temporada (ou da própria série).

    Mas existem excessões pra minha regra: Jericoh - que começou e acabou (2 vezes) - e Dexter.

    E uma coisa que eu, como fã de comics, curto e vi acontecer recentemente são cross-overs, onde personagens de uma série aparecem em outras.

    Assisti recentemente um cross-over de King of Queens com Everybody Loves Raymond e um outro entre CSI: NY e CSI: Miami.

    Sem contar o melhor cross-over de todos os tempos: Jamie e Adam dos MythBusters deram uma palhinha em CSI.

    ResponderExcluir